Facebook Twitter Google RSS

"Abra a maldita porta!", gritou o comandante ao copiloto da Germanwings

"Abra a maldita porta!", gritou o comandante do avião da Germanwings para seu co-piloto que levava a aeronave contra a montanha, provocando gritos de pânico dos passageiros alguns minutos antes de cair. Estas informações, obtidas a partir da caixa preta que registrou o som ambiente da cabine, foram reveladas pela edição de domingo do jornal alemão Bild.

O promotor de Marselha (sudeste da França), disse quinta-feira que esta gravação mostrou que o co-piloto trancou a porta da cabine quando o comandante foi ao banheiro pouco antes da queda do avião. Mas não detalhou os diálogos entre os dois homens. De acordo com o Bild, durante os primeiros 20 minutos de voo o comandante Patrick S. e seu co-piloto Andreas Lubitz fizeram comentários banais. 

O comandante explica ao co-piloto, por exemplo, que não teve tempo de ir ao banheiro antes de decolar em Barcelona. Às 10h27, o piloto pediu a Lubitz que preparasse o pouso em Düsseldorf. O copiloto diz "espero", "vamos ver". O piloto deixa a cabine para ir ao banheiro e o avião começa a descer.

Logo depois, um "barulho alto", como se alguém tentasse entrar na cabine, é ouvido - segundo o Bild. Depois a voz do piloto dizendo: "pelo amor de Deus, abra a porta!". No fundo, os passageiros começam a gritar, segundo o jornal.

O comandante tenta abrir a porta com um machado e, em seguida, grita: "Abra a maldita porta!". Por volta das 10h40, o Airbus toca a montanha e os gritos desesperados dos passageiros são ouvidos. São os últimos ruídos da gravação, segundo o Bild. Imediatamente depois, a máquina se choca a 700 km/hora e explode com seus 150 ocupantes nos Alpes franceses.

Neste domingo, o jornal alemão revelou que a namorada do copiloto, uma professora de matemática e inglês que vivia com Lubitz perto de Düsseldorf, teria dito a seus alunos que está grávida. O jornal cita não cita fontes.

No sábado, o Bild publicou uma entrevista de uma aeromoça que teria tido um caso com Lubitz, e reforçou a pista que sugere que o co-piloto sofria problemas mentais.

Ela garante que quando soube da tragédia, lembrou-se de uma frase do piloto: "um dia eu vou fazer algo que vai mudar todo o sistema, e todo mundo vai saber meu nome". Se Lubitz "fez isso", "é porque ele percebeu que, devido a seus problemas de saúde, seu sonho de trabalhar na Lufthansa como comandante e piloto de longo curso era praticamente impossível", acrescentou a aeromoça na entrevista.

Outro jornal alemão, o Welt am Sonntag, escreveu que os investigadores descobriram na casa de Lubitz "muitos medicamentos" para "doenças mentais".
O jovem, "severamente deprimido", teria sofrido uma "síndrome de estresse" e teria consultado "vários neurologistas e psiquiatras".

Procuradores de Düsseldorf disseram na sexta-feira ter encontrado licenças médicas rasgadas na casa do jovem piloto. No entanto, não encontrou nenhuma carta de despedida explicando o que ele pretendia fazer.

De acordo com o jornal The New York Times, o jovem tinha problemas oculares graves que poderiam tê-lo impedido de voar. E o Bild disse neste domingo que Lubitz sofreu um descolamento de retina, uma condição ocular curável que pode impedir que um piloto siga voando, caso não seja tratada a tempo.

O general da polícia militar francês Jean-Pierre Michel, que esteve no sábado em Düsseldorf com uma delegação de três pessoas vindas da França para colaborar com os investigadores alemães, confirmou que a "personalidade" de Andreas Lubitz é "uma pista séria" para a investigação. 

Mas o sub-diretor da polícia judicial afirmou que a possibilidade de haver um "erro involuntário ou falha técnica" não está descartada. No sudeste da França, as equipes de resgate começaram neste domingo o sexto dia consecutivo de buscas na área do desastre para continuar a recuperação e identificação de restos humanos, bem como para localizar a segunda caixa-preta do avião.

Informações do O Povo ONline


Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada
Curta a página do Chavalzada no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga o nosso perfil no Twitter www.twitter.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Siga no Google+

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada