Facebook Twitter Google RSS

Parnaíba | Tumulto e empurra-empurra no Bazar Solidário.


Uma multidão se aglomerou no início desta manhã (08/10) em frente ao portão da Diocese de Parnaíba a fim garantir suas compras no Bazar Solidário com mercadorias apreendidas pela Receita Federal em outros Estados. Tinha caravanas até de Fortaleza e da Bahia.


Toneladas de mercadorias originais e réplicas de grandes marcas nacionais e importadas estão expostas à venda por preços bem abaixo do mercado. Camisas da Dudalina, por exemplo, que custam em média de R$ 200,00 a R$ 400,00, saem por R$ 25,00. Já bolsas de marcas como Prada, Louis Vuitton e Chanel que não saem das vitrines das lojas por menos de mil reais, podem ser adquiridas por R$ 50,00.

A coordenadora pedagógica dos projetos sociais da Diocese de Parnaíba, Juliana Rocha, explica que o dinheiro arrecadado será destinado aos projetos sociais da instituição católica em Parnaíba e para o projeto Amari, de Esperantina. “O bazar está bem farto. Só de confecções são 18 toneladas. Têm também celulares, calçados, brinquedos, antena para internet, cadeados, óculos, relógios e vídeo game”, diz.

O funcionário público Geraldo Silva Mendes, viajou de Fortaleza para o litoral do Piauí e comprou produtos para a família e para revender para os amigos. “Estava há um bom tempo esperando por esse bazar e consegui fazer boas compras”, comemora.

Toda essa facilidade deixou a população com os ânimos alterados do lado de fora. Um grande tumulto se formou em frente ao portão de entrada, com empurra-empurra e pessoas passando mal. Uma mulher chegou a desmaiar e outra ficou tonta e vomitou. Do lado dentro, uma mulher chorava bastante. Ela disse que ao tentar entrar, foi puxada pelos cabelos e que quase rasgaram a roupa dela. Equipes do 2º Batalhão de Polícia Militar de Parnaíba, coordenada pelo Major Lucena, se dividiram para controlar a confusão.

Muitas pessoas reclamaram da falta de organização na entrada do evento, dizendo que haviam passado a noite na fila e que acabaram perdendo o lugar quando a multidão começou a se formar. Já do lado de dentro o processo foi bem planejado. É permitida a entrada de grupos de 10 em 10, sendo que os mesmos têm 25 minutos para escolherem o que desejarem levar.

O bazar segue até o próximo dia 12. Os portões ficam abertos das 8:00 ao meio dia e das 14: 00 às 18:00.

Por Luzia Paula / Jornal da Parnaíba


Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada
Curta a página do Chavalzada no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga o nosso perfil no Twitter www.twitter.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Siga no Google+

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada