Facebook Twitter Google RSS

Blogueiro cobra para não publicar matérias contra a Prefeitura de Ubajara e é preso por extorsão

Um blogueiro da cidade de Ubajara, município distante 304 km de Fortaleza, foi preso ao tentar extorquir o prefeito Zezinho em troca de não publicar matérias depreciativas em seu site. O homem, identificado como Antônio Carlos, foi detido em flagrante e será encaminhado para a cadeia local.
Segundo o prefeito, ele dava uma quantia para ajudar o blogueiro. Apesar da ajuda, Antônio Carlos pediu a Zezinho mais R$ 2.500 em troca de não fazer matérias em que falassem mal da administração municipal
Diante da situação, o prefeito ligou para a Polícia e denunciou o caso. O delegado titular da Delegacia de Ubajara, Rubani Pontes Filho, conta que uma equipe foi até a sede da prefeitura, onde comprovou a extorsão, apreendeu o valor e prendeu em flagrante o blogueiro.
“O blogueiro foi preso conforme prova testemunhal e material, pedindo dinheiro para não colocar notícias depreciativas em seu site. Os policiais foram até a sede da prefeitura e comprovaram a veracidade da extorsão. Apreenderam o valor, ouviram as conversas e o infrator foi levado em flagrante delito”, explica Rubani. 
O delegado esclareceu ainda que Antônio Carlos ficará preso e será conduzido para a cadeia local. Após a conclusão do inquérito policial o caso será encaminhado para o Poder Judiciário e para o Ministério Público.
A reportagem entrou em contato com um dos responsáveis pelo blog, que informou que um advogado já foi contratado para fazer a defesa de Antônio Carlos. 
Atualização
Neste sábado, a página Ubajara Notícias no Facebook publicou uma “nota de esclarecimento” sobre o caso. O texto foi enviado ao Diário do Nordeste por Thiago Rodrigues, que se identifica como parceiro da empresa Helptec Informática e Sistemas, a quem pertenceria o site. 
A nota afirma que Antônio Carlos Lopes Camelo é um funcionário da empresa e confirma que  que houve o encontro “firmado na tentativa de elaborar um contrato, onde o site Ubajara Notícias não publicaria as ocorrências que poderiam denegrir a imagem da Prefeitura Municipal de Ubajara, fatos que são visíveis à toda população ubajarense (sic).
O texto defende que o caso não se trata de extorsão, segundo o Código Penal, e “não há provas que caracterizem esse tipo de crime”. 

Informações do Diário do Nordeste, link da matéria.


Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Assista nossos vídeos www.youtube.com/tvchavalzada
Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada
Curta a página do Chavalzada no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga o nosso perfil no Twitter www.twitter.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Siga no Google+

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada