Facebook Twitter Google RSS

Dia do Rock: ele morreu no Brasil? | Falando de Música


"O Rock morreu no Brasil!" Será que essa afirmação é verdadeira?

Nos últimos anos o Rock foi sumindo gradativamente das rádios, TVs e mídia em geral. Atualmente a industria musical brasileira está dominada pelo sertanejo e pelo funk/pop, os "tops 100" de músicas de 2005 pra cá confirmam que isso vem acontecendo a bastante tempo.

Hoje, dia 13 de julho, dia mundial do rock, parei pra pensar um pouco sobre esse fato. 
Eu particularmente acho que o Rock brasileiro não morreu, ele apenas não dá dinheiro, e como não dá dinheiro, não tem valor para a mídia.

As bandas mais velhas não produzem nada faz tempo e vivem de shows onde cantam músicas com mais de 25 anos de idade e as bandas novas não tem espaço para mostrar o potencial delas.

Por que isso aconteceu?
Eu acho que falta humildade/companheirismo e criatividade no meio do rock.

Como assim falta humildade/companheirismo?
Raramente vemos bandas de Rock pequenas sendo "apadrinhadas" por bandas grande. Não vemos bandas participando de show de outras bandas. É cada um no seu mundinho, na órbita do seu próprio umbigo.
Ao contrário do rock, o sertanejo faz essa network muito bem. Os dvds dos sertanejos parecem os filmes e séries da Marvel: é tudo misturado. Cantor fulano "apadrinha" sicrano, sicrano grava música com fulano, vendem shows juntos, participam de escritórios que gereciam os contratos e que normalmente fazem de alguns shows verdadeiros festivais, de tanta participação especial.
Se o rock funcionasse assim, com certeza teríamos mais bandas boas na mídia.





Como assim falta criatividade?
O rock brasileiro parou no tempo, deixou de produzir, deixou de inovar. O rock internacional (uma grande parte dele) não seguiu o mesmo caminho. Eles mudaram, se adequaram aos tempos de hoje. Novas bandas surgiram trazendo novos conceitos. O rock ainda vende lá. Tá certo que vendem pouco comparado ao passado, mas vendem muito mais que no Brasil.

Concluindo 
Eu só escutava Rock, nada além disso. Mas de uns tempos pra cá eu meio que enjoei. Não conheço quase nenhuma novidade (tirando algumas exceções) no gênero. Eu sei que existem bandas independentes de qualidade, mas não consigo encontrar com tanta facilidade. Hoje em dia, até quem não quer, escuta sertanejo!

O Rock brasileiro não morreu (ainda), mas está adormecido, por culpa da própria preguiça e egoísmo.

Aproveito a postagem para revelar que eu tinha bastante preconceito com sertanejo, não gostava de jeito nenhum, achava tudo igual. Hoje tenho que admitir: existe sertanejo com qualidade musical. Existem duplas/cantores (ou empresários) que entendem de música, que sabem produzir uma canção "escutável". Fazer o que né?! Verdade seja dita.

Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Assista nossos vídeos www.youtube.com/tvchavalzada
Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada
Curta a página do Chavalzada no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga o nosso perfil no Twitter www.twitter.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Siga no Google+

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada