Facebook Twitter Google RSS

Arroz Integral: Um arroz cheio de benefícios


Lá se vão mais de 7 mil anos de convivência com a humanidade. Quanto arroz! Tudo leva a crer que sua origem seja asiática — naquelas terras, aliás, os arrozais moldam paisagens e norteiam a economia de vários países. O alimento viajou pelo mundo e hoje aparece no cardápio de, pelo menos, metade da população do planeta. As receitas são as mais diversas. Há desde o tipo grudento que acompanha o peixe no sushi até a variação cremosa dos risotos italianos. Por aqui, ele forma dupla com o feijão, num arranjo lotado de vantagens ao organismo.





Nutrição por inteiro

O arroz integral é o que mais se destaca pelo conjunto da obra. Justamente por não ter passado por refinamento, o cereal mantém intactas películas que guardam estruturas valiosas, caso do farelo e do gérmen. Assim, apresentado de forma, digamos, mais rústica, o arroz preserva sais minerais, proteínas, vitaminas e fibras — sem contar que permanece fonte de carboidrato e energia.

Pra completar, é destacado por estudos como ingrediente que dá um empurrão ao emagrecimento. Isso porque sua porção fibrosa faz com que o esvaziamento do estômago seja mais lento e o cérebro breque a vontade de comer, em uma atuação que prolonga a saciedade. É um mecanismo que evita, em particular, o acúmulo de gordura na região abdominal. Daí que o grão não pode faltar no menu de quem preza muito mais que uma boa forma.

Outra vez há que se louvar as fibras. Elas têm o poder de diminuir os picos de glicose no sangue, ajudando a regular a liberação de insulina, o hormônio que abre as portas para o açúcar ser aproveitado pelas células. Esse papel tem repercussões pra lá de positivas: favorece o controle do apetite e poupa o pâncreas de trabalhos extras. Nesse cenário, cai o risco de o diabete tipo 2 espreitar o organismo. Mas a atuação das fibras vai além. Ainda prestam serviço ao trânsito intestinal. É que a substância entra na receita do bolo fecal e dá uma forcinha nas contrações intestinais, contribuindo para liberar o fluxo local. Para assegurar que a prisão de ventre não tenha espaço, porém, é crucial tomar goles e goles de água ao longo do dia.

Ao dar um chega pra lá na constipação, o bom humor vem com tudo. Essa relação inusitada se dá porque o intestino mantém um elo direto com a cabeça. A paz nas bandas digestivas se reflete em bem-estar para a cuca. Nesse sentido, aliás, o grão merece outro elogio: ele oferta vitaminas do complexo B e magnésio, um time que ajuda a manter a bioquímica cerebral em equilíbrio. Por fim, não dá para falar de arroz sem mencionar sua parcela de carboidrato. Embora o nutriente seja temido pela fama de engordativo, quando ele sai do prato sobra desânimo. Por isso, dentro de um cardápio balanceado, o grão tem seu lugar garantido, especialmente quando chega ao prato em seu traje integral.

Informações do M de Mulher, link da matéria

Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Assista nossos vídeos www.youtube.com/tvchavalzada
Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada
Curta a página do Chavalzada no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga o nosso perfil no Twitter www.twitter.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Siga no Google+

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada