Facebook Twitter Google RSS

Fã identifica câncer por foto e salva vida de medalhista Olímpico


Mack Horton, medalhista olímpico das últimas Olimpíadas, realizadas no Rio de Janeiro, foi alertado por uma fã, via e-mail, que estava com uma mancha perigosa no peito. O toque ajudou o australiano a conseguir a tempo um tratamento para a forma de câncer de pele mais letal que existe.

Com apenas 20 anos de idade, ele foi diagnosticado com um melanoma em um hospital em Melborne, na Austrália. Medalha de ouro nos 400 metros de nado livre, ele publicou uma foto do feito no Instagram, ao passo que a torcedora identificou o problema e logo entrou em contato, segundo informações do jornal Daily Mail.





Ela teria verificado através de fotos registradas em competições que a mancha havia mudado ao longo do tempo. Horton então, procurou ajuda médica, removendo o crescimento na última sexta-feira (14) e publicando uma foto de sua recuperação no Instagram.


De acordo com o jornal, a Austrália tem um dos maiores índices de câncer de pele no mundo, com estatísticas mostrando que cerca de 66% das pessoas no país serão diagnosticadas com a doença até os 70 anos. Estima-se que cerca de 2.000 australianos morram em razão do câncer de pele – sendo a maioria deles causados pela exposição à radiação solar UV – todos os anos.

Segundo o Cancer Council Australia, os melanomas são a forma mais letal de câncer de pele e se não tratados podem se espalhar para outras partes do corpo. As pessoas são aconselhadas, quase à exaustão, a verificar o aparecimento de novas manchas, que podem surgir também em regiões da pele não expostas ao sol, e também monitorar as marcas existentes que mudam de cor, tamanho ou forma.

Eles advertem que no aparecimento destas, é essencial à procura de ajuda médica, porque quanto mais cedo identificado o problema, maiores são as chances de sobrevivência.


Horton foi considerado uma rara história de sucesso da equipe de natação da Austrália. Nos Jogos Olímpicos de 2016, ele foi capaz de derrotar seu arquirrival Sun Yang no final dos 400 metros de estilo livre, garantindo a medalha de ouro para o país.

Informações do Jornal da Ciência, link da matéria.


Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Assista nossos vídeos www.youtube.com/tvchavalzada
Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada
Curta a página do Chavalzada no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga o nosso perfil no Twitter www.twitter.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Siga no Google+

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada