Facebook Twitter Google RSS

Trombose: quando o inchaço nas pernas representa um alerta


Uma morte a cada 37 segundos: essa estatística alarmante está ligada à trombose venosa, a terceira doença cardiovascular mais comum no mundo. Com sintomas que envolvem dor na perna, sensação de queimação e mudanças na cor da pele, a trombose se dá a partir da formação de um coágulo, chamado de trombo, em uma ou mais veias do corpo.

"Este coágulo pode causar o bloqueio ou prejudicar o fluxo de sangue na região, o que leva ao aparecimento dos principais sintomas. Caso esse coágulo se desprenda e circule pela corrente sanguínea, pode chegar, ao pulmão, processo conhecido como embolia pulmonar", explica o Dr. João Carlos de Campos Guerra, hematologista e vice-presidente do Grupo Cooperativo Latino Americano de Hemostasia e Trombose (CLAHT).


Doença de várias causas
Segundo o médico, o tromboembolismo venoso é uma doença multigênica (que pode ter várias causas) e multifatorial, e o envelhecimento é um fator de risco isolado; sendo o entupimento das veias das pernas a manifestação mais frequente. A Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular afirma que, somente no Brasil, cerca de 120 mil novos casos de trombose venosa profunda são diagnosticados por ano.
Histórico familiar, insuficiência cardíaca e obesidade são fatores que podem representar um alerta para o surgimento da doença. Para quem passa longos períodos sem se movimentar o alerta é ainda maior. "Cerca de 100mL de sangue por minuto vem da panturrilha de volta para o coração. Quando uma pessoa permanece muito tempo sentada, essa quantidade significativa de sanque tem seu fluxo prejudicado. Essa situação predispõe ao risco de formação de trombos", sinaliza Dr. Guerra. Apenas o simples fato de permanecer sentado por 90 minutos reduz a circulação sanguínea atrás do joelho e m 50%, aumentando o risco.
Trombose possui sintomas
O médico afirma ainda que o mito de que a trombose não possui sintomas deve ser quebrado. Segundo o Ministério da Saúde, mais de 40% da população brasileira não conhece os sintomas. "A trombose apresenta sinais que podem ser detectados de acordo com a profundidade do coágulo, portanto identificá-los em sua fase inicial é fundamental para evitar complicações futuras".
Para minimizar esses riscos, algumas dicas podem ajudar a evitar o surgimento de coágulos.
- Evite permanecer muito tempo sentado sem se movimentar.
- Mantenha uma dieta equilibrada.
- Pratique exercícios físicos regularmente.
- Procure manter o peso adequado.
- Faça uso de meias de compressão caso tenha algum histórico familiar associado a varizes ou à trombose.
Informações do Diário do Nordeste, link da matéria.

Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Assista nossos vídeos www.youtube.com/tvchavalzada
Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada
Curta a página do Chavalzada no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga o nosso perfil no Twitter www.twitter.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Siga no Google+

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada