Facebook Twitter Google RSS

Arte com Dacira | Falando com artista Piauiense no mundo do Graffiti: Panzer


 O Graffiti é a arte existente desde o Império Romano, considera-se uma inscrição caligrafada ou um desenho pintado ou gravado sobre um suporte que não é normalmente previsto para esta finalidade. Atualmente o grafite já é considerado como forma de expressão incluída no âmbito das artes visuais, mais especificamente, da street art ou arte urbana, em que o artista aproveita os espaços públicos, criando uma linguagem intencional. 

A partir do movimento contracultural de maio de 1968, quando os muros de Paris foram suporte para inscrições de caráter poético-político, a prática do grafite generalizou-se pelo mundo, em diferentes contextos, tipos e estilos, que vão do simples rabisco ou de tags repetidas ad nauseam, como uma espécie de demarcação de território, até grandes murais executados em espaços especialmente designados para tal, ganhando status de verdadeiras obras de arte. Também temos grandes nomes nesse mundo do graffiti como, os gêmeos autores de importantes trabalhos em muitas paredes do mundo, Jean- Michael Basquiat sobretudo pelas mensagens poéticas que deixava nas paredes dos prédios abandonados de Manhattan, e Basquiat que ganhou o rótulo de neo- expressionista e foi reconhecido como um dos mais significativos artistas do final do século XX.

No Piauí, podemos contar com um grande nome, embora esteja a 3 anos nessa área da arte, Alberto Tavares Mattos da Cruz, 23 anos e natural de Teresina- PI , conhecido no universo do graffiti como "Panzer". Artista autodidata, está no cenário do graffiti há 3 anos. Com traço versátil, consegue atuar dentro de vários estilos artísticos, seu primeiro trabalho a ser reconhecido foram peixes coloridos espalhados pela cidade. Durante esse curto espaço de tempo na cena artística, seu trabalho nas ruas já é bem conhecido, desenvolveu vários trabalhos em ambientes privados, como escritórios,clínicas e residências, tendo inclusive saído em um programa de veiculação nacional, o Caldeirão do Hulk, através do projeto social Escola de Música Dona Gal, no qual desenvolveu não somente o símbolo da escola, bem como criou uma arte específica para decoração do escritório da Escola. Pra ele, a arte representa a liberdade, e é esta sua fonte de inspiração. 



Podem ter acesso aos trabalhos do artista através das redes sociais.







Nosso amor foi louco como uma tatuagem; um grafite em cores quentes escorrendo pelos muros da cidade.
(Rita Schultz)


Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Assista nossos vídeos www.youtube.com/tvchavalzada
Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada
Curta a página do Chavalzada no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga o nosso perfil no Twitter www.twitter.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Siga no Google+

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada