Facebook Twitter Google RSS

Saiba mitos e verdades sobre a pílula anticoncepcional

Ícone  de libertação feminina nos anos 60, a pílula anticoncepcional é hoje alvo de reflexão sobre a frequência em seu uso. Seja em forma de pílulas para uso oral, anel vaginal, injeções ou adesivos, têm por objetivo evitar a gravidez indesejada. Mas, junto com esses métodos, vêm também uma série de dúvidas.
Segundo a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) cerca de 100 milhões de mulheres usam pílulas anticoncepcionais em todo o mundo. Porém, apesar da popularidade, a pílula traz dúvidas sobre seus efeitos colaterais. Sabendo disso, a ginecologista do Hospital das clínicas da Universidade de São Paulo (USP), Flávia Fairbanks, esclarece os mitos e verdades sobre o assunto.
Pílula anticoncepcional engorda?
MITO - A Pílula diretamente não engorda, mas pode aumentar a vontade por carboidratos e reter líquido, porém existem pílulas com progesteronas específicas, que diminuem a retenção hídrica.
Pílula anticoncepcional dá celulite?
VERDADE - Segundo a especialista, a pílula pode causar retenção de liquido, e em mulheres com tendência a ter celulite (geralmente associada à sensibilidade aos estrogênios), com má alimentação e sedentárias, essa tendência pode ser potencializada.
Pílula anticoncepcional aumenta os seios?
MITO-Como já falamos anteriormente, o que pode acontecer é uma retenção de liquido, que leva ao inchaço nas mamas.
Pílula anticoncepcional melhora a pele?
VERDADE-Segundo a especialista, os hormônios das pílulas ajudam a reduzir a oleosidade da pele, a acne e até a grande quantidade de pêlos, devido ao controle dos níveis de androgênios ( hormônios masculinos).
Pílula anticoncepcional dá trombose?
VERDADE – Isso depende do anticoncepcional e da genética da mulher. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), mulheres que usam anticoncepcionais contendo drospirenona, gestodeno ou desogestrel (encontradas em algumas pílulas) têm um risco de 4 a 6 vezes maior de desenvolver tromboembolismo venoso, em um ano, do que as mulheres que não usam contraceptivos hormonais combinados.
Antibiótico corta o efeito?
VERDADE – A interação da pílula anticoncepcional com o antibiótico pode cortar ou reduzir o efeito da pílula. Isso acontece porque o antibiótico compete com a pílula no metabolismo do fígado, saindo ambos prejudicados. Se o organismo precisa priorizar um dos dois medicamentos, é natural que dê mais importância ao antibiótico.
Existe uma idade certa para o início do uso?
FALSO - Não existe uma idade ideal para começar a usar a pílula. A partir de alguns ciclos após a menarca, já se pode fazer o uso, desde que haja clara indicação para tal. Os cuidados no início envolvem tentar empregar uma dosagem de hormônio mais baixa, verificar possíveis contra-indicações e avaliar a real necessidade do contraceptivo e da frequência de relações sexuais.
Pílula anticoncepcional pode deixar a mulher infértil?
MITO – O anticoncepcional não interfere na fertilidade, já que quando a mulher para de utilizar a pílula ela pode engravidar normalmente, a menos que já tenha algum problema de fertilidade.
Informações do Diário do Nordeste, link






Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Siga no Google+

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada