Facebook Twitter Google RSS

Oi lidera lista de reclamações do Procon no Ceará

O Procon Fortaleza divulgou o cadastro de reclamações fundamentadas de 2014, na útilma segunda-feira (30). Produtos de informática, cartão de crédito, aparelho celular e eletrônicos lideram o ranking de reclamações dos consumidores. As informações são consolidados pelo Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor(Sindec) do Ministério da Justiça, e divulgados pelos órgãos de defesa do consumidor, como prevê o artigo 44 da Lei 8.087/90.


De acordo com as informações do Sindec, foram registrados 14.589 atendimentos em 2014 no Procon Fortaleza. Desse total, 4.727 foram de reclamações fundamentadas que originaram processos administrativos internos com acompanhamento e orientação jurídica, e que resultaram em atendimento satisfatório com demanda atendida, como mostra o percentual de 71% (3.355) e 29% (1.372) em que não ocorreu conciliação entre as partes.

Para a diretora geral do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, o índice de resolutividade comprova a eficiência e o atendimento das demandas. "É bom ressaltar que, mesmo em casos em que não tenhamos conciliação, se for constatada a abusividade da empresa na prestação do serviço, o Procon pode determinar multas que variam entre R$ 640,00 e R$ 9,6 milhões como forma de punir infrações ao Código de Defesa do Consumidor", esclareceu.

As áreas mais reclamadas pelos consumidores são produtos 2.282 (48,28%); assuntos financeiros 1.268 (26,82%); serviços essenciais 698 (14,77%); serviços privados 394 (8,34%); saúde 56 (1,18%) e habitação 29 (0,6%).

No ranking dos mais reclamados, estão entre os 10 principais, conforme maior número de reclamações, os seguintes fornecedores: Oi (461); Rabelo (167); CCE/Digibras/Lenovo (134);Ricardo Eletro/Lojas Insinuante/Eletro Shopping/City Lar (94); Claro/Embratel (93);Magazine Luiza (85); Whirlpool/Consul/Brastemp (84); Samsung (83); Bradesco (82); eIbyte (82).

Segundo Cláudia Santos, o Procon vai notificar e abrir processo administrativo contra as empresas mais reclamadas para que prestem esclarecimentos sobre as ações de atendimento das demandas dos consumidores. A Diretora avalia ainda que as empresas poderiam resolver as demandas por meio de Serviços de Atendimento ao Consumidor (SACs), evitando transtornos e aborrecimentos aos consumidores.

Menor resolutividade

Ainda sobre as empresas mais reclamadas, o Sindec elaborou uma lista com o percentual de reclamações não atendidas. Nesse caso, os bancos lideram o ranking das empresas com menor resolutividade. As 10 primeiras empresas com o respectivo índice de resolutividade em 2014 foram: Santander (42,17%); Itaú (42,52%); Caixa Econômica Federal (52,63%); Banco do Brasil (59,38%); Bradesco (64,29%); Coelce (65,85%); Cagece (71,88%); SKY (73,63%); Eletrônica Moriá (77,94%); e Cardif/BGN/Cetelem (78,16%).

Informações do Diário do Nordeste


Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada
Curta a página do Chavalzada no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga o nosso perfil no Twitter www.twitter.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Siga no Google+

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada