Facebook Twitter Google RSS

Destaque

Regional, Nacional e Mundial

Saúde, Ciência e Natureza

Colunas

Variedades

Imagens e Vídeos

Curta!

Tv Chavalzada

Chavalzada entrevista o escritor e editor Claucio Ciarlini.

Imensamente honrado em poder dialogar com Claucio Ciarlini. Nosso entrevistado com 14 anos começou a escrever poesias; aos 23 se formou em História. Até os 28 anos já havia lançado 3 livros e um jornal mensal de cultura que dura até os dias de hoje, onde, aos 36, foi o organizador de uma coletânea poética que contém 22 poetas revelados pelas páginas de seu impresso no decorrer de 10 anos. Ele é o professor, editor, poeta e cineasta: Claucio Ciarlini.

Confira a entrevista:


Chavalzada - Primeiramente, me fale um pouco sobre você. Quem é Claucio Ciarlini?

Claucio Ciarlini - Uma pessoa simples, com qualidades, defeitos e limitações. Que tenta mais acertar, do que errar. E que procura sempre ajudar a todos.

CH - Me fale sobre sua formação?

Claucio - Sou formado em História pela Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA (2004) e Especialista em História do Brasil pela FAP (2009)

CH – Quando e como você começou a escrever?

Claucio - Foi em março de 1996, aos 14 anos, escrevendo sobre amores platônicos e decepções. Na época não “existia” internet, então eu produzia encadernados contendo meus poemas e distribuía de forma gratuita aos amigos. Isso durou até 2004, quando, enfim, consegui lançar meu primeiro livro.

CH - Você sente mais emoção ao escrever qual gênero (poesia, conto, romance etc.)?

Claucio - Poesia, com certeza. Apesar de também gostar de me aventurar em outros gêneros, principalmente o conto e a crônica. 

CH - Você é editor de um dos principais jornais culturais da região, “O Piagui”. Me fale mais sobre o jornal. 

Claucio - É um veículo cultural gratuito e democrático que busca valorizar a cultura, a arte e a história, dando espaço a quem produz, independente de idade ou formação. Uma missão nada fácil, mas prazerosa.

CH – O Piagui tem uma versão digital (site) correto? 

Claucio - Sim. Havíamos feito um site que funcionou entre 2009 e 2011, porém devido a alguns problemas, teve que ser fechado. Porém agora em 2017, num contexto de comemoração dos 10 anos do impresso, reativamos essa empreitada virtual e se Deus permitir, desta vez para ficar. (http://opiaguivirtual.com.br/)

CH – Quais os pontos de distribuição do Jornal O Piagui Culturalista? 

Claucio - O jornal tem dois pontos fáceis de encontrar a cada mês, que é na Banca do Louro e no Sesc Caixeiral. Porém ele também é distribuído nas Universidades e algumas lojas e empresas.

CH – Quanto à literatura, quais são suas principais influências?

Claucio - Fernando Pessoa e Augusto dos Anjos são dois autores que gosto muito e que leio desde a infância. E alguns escritores da nova geração.

CH – Se dedica exclusivamente à literatura ou tem outra profissão (além de editor)?

Claucio - Sou professor dos ensinos fundamental, médio e superior, e gosto muito da área da educação, tanto quanto gosto de trabalhar com literatura e cultura. Nas horas vagas gosto de trabalhar também com direção, produção e edição de vídeos, por exemplo, filmes e documentários.

CH - Você escreve para vender ou para satisfazer seus desejos de autor?

Claucio - A escrita para mim sempre foi um desabafo, uma forma de expressar um sentimento, fosse ele alegre ou triste. E não para lucrar financeiramente. Porém, se eu vier a ganhar algum dinheiro através de meus escritos, ele será bem vindo! rsrs

CH - Como você organiza seu processo criativo: decide o que vai ser escrito e por onde começar e quais serão as fases?

Claucio - Já escrevi de várias formas nesses mais de 20 anos... Algumas vezes planejei escrever sobre algo, e consegui ou não; de outras vezes me veio à inspiração, assim, meio que do nada; ou depois de degustar uma canção, um filme ou livro; de ouvir alguma história ou dilema narrado por amigos, etc.

CH – Você já publicou três livros solo (Linhas Impensadas, Pedido de Autorização Para Pensar, Inevitável) e organizou a coletânea de poesia Versania... Fale um pouco sobre esses trabalhos...

Claucio - Meus três livros solo são compostos em sua maior parte de poesias que escrevi desde a adolescência e foram lançados num período de 5 anos, entre 2004 e 2009, de forma independente. Já o Versania foi um sonho que carreguei desde 2008, de iniciar uma série de livros aproveitando os escritores do jornal (O Piaguí), começando com o gênero Poesia.

CH - Quais suas metas? Algum projeto literário em andamento? E quanto ao O Piagui, como você visualiza os próximos anos desse periódico?

Claucio - A ideia é lançar de forma bianual uma nova coletânea, nos moldes de Versania, porém nas próximas tendo outros gêneros, como a crônica, o Conto e outros. Já o jornal, só o tempo dirá. Da minha vontade e dos meus parceiros e colaboradores, o Piaguí ainda irá durar muito, eternamente cultural, na busca de, a cada ano, se renovar e sempre aberto às metamorfoses.

CH- O que uma crítica literária significa para o seu trabalho?

Claucio - Depende muito da crítica. Positiva é sempre bem vinda, ajuda a melhorar nosso trabalho. A negativa entra por um ouvido e sai pelo outro.

CH - Sua literatura aborda temas nacionais, culturais, raciais, e grita pela desigualdade, ou apenas segue passivo sem se intrometer nestes assuntos?

Claucio - Gosto de escrever sobre tudo que me sensibiliza, desde atos de amor ou generosidade, até episódios de violência ou preconceito. Entendo como uma das principais missões da escrita, a de servir como protesto e de luta por um mundo melhor. Ou ao menos por dias melhores.

CH - Brasileiros leem em média 4 livros por ano. O que um escritor pensa sobre isso?

Claucio - Infelizmente é uma realidade que só poderá ser mudada através de uma politica que seja realmente preocupada com a Educação e com a valorização da arte, de uma forma geral, o que incluí, obviamente, a literatura. 

CH – Como você avalia o mercado editorial brasileiro atualmente?

Claucio - Existem bons autores, livros e editoras. Porém ainda há muita gente para ser descoberta (publicada) e que muitas vezes não o é, porém essa situação já vem melhorando, devido ao empurrão das redes sociais e plataformas literárias.

CH – Como você analisa a literatura parnaibana (historicidade e atualidade)

Claucio - A literatura parnaibana é muito rica, desde o seu principio, ainda no século XIX e principalmente no século 20. E as gerações surgidas nas últimas décadas também não deixam a desejar, temos escritores fabulosos, alguns, inclusive, colaboradores de nosso espaço O Piaguí.

CH - Considerações finais... 

Claucio - Agradeço ao Chavalzada, em nome do poeta e amigo Marcello Silva, pelo excelente trabalho realizado, pela parceria de sempre e pelo convite da entrevista. Somente com a união de quem trabalha com literatura e cultura que realmente iremos transformar nosso cenário e inspirar cada vez mais o público jovem a conhecer e participar da cena cultural de sua cidade e região. 

Muito obrigado!

Obras:

Livros publicados de Claucio Ciarlini

Capas do Jornal O Piagui Culturalista

Versania - Coletânea organizada por Claucio










Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Barroquinha ganhará UPA 24 Horas

A cidade de Barroquinha, município de cerca de 15 mil habitantes localizado na microrregião de Camocim, ganhará sua Unidade de Pronto Atendimento - UPA 24hs do Governo do Estado.
A previsão é que até o mês de maio/2018 o Prefeito Professor Ademar esteja assinando a ordem de liberação do projeto do equipamento junto ao Governador Camilo Santana.

A unidade de atenção primária especializada em atendimento de urgência e emergência seguirá o mesmo padrão das demais existentes em Camocim e Granja, com leitos de internação, médicos especialistas em plantões permanentes, rampa de estacionamento e ambulâncias para ajudar no socorro de pacientes de Barroquinha e de Chaval.

Informações do Camocim Portal de Notícias, link da postagem




Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Magazine Luíza abrirá filial em Camocim

O blog Camocim Online noticiou nessa sexta que a gigante Magazine Luiza abrirá uma filial na cidade de Camocim.
O interesse já vinha de muito tempo e só dependia do final das negociações para se concretizar.

A loja será implantada no centro da cidade, entre o Posto AMV e o Hiper Rainha e terá 3 andares. O acerto final ocorreu na tarde de hoje, entre executivos da empresa e o proprietário do ponto. 
Com mais de 800 lojas em 16 estados, o interesse do Magazine Luiza demonstra mais uma vez o potencial da cidade e sua importância no cenário da zona norte. 
Com uma filial em Camocim, o Magazine Luiza se juntará a outra gigante que desembarcou no município, a Lojas Americanas. Somente em 2016, o Magazine Luiza obteve um faturamento bruto de 11,4 bilhões de reais.

Informações do Camocim Online, link da postagem





Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Instagram vai dedurar se alguém tirou "print" do Stories


De acordo com o site WABetaInfo, o Instagram vai avisar ao usuário quando alguém captura a tela do Stories. A novidade, inclusive, ainda de acordo com o site, já está sendo testada. 

Quado você tirar um "print" do Stories pela primeira vez, receberá um aviso: "da próxima vez que você capturar a tela de uma história, a pessoa que a postou será notificada".

Vale ressaltar que o aplicativo já envia notificações para capturas de telas nas mensagens diretas.

Outra novidade que deve chegar em breve para todos os usuários do Instagram, de acordo com o The Next Web, é Stories apenas com o texto. O recurso é semelhante a que vimos no WhatsApp Status.

O usuário digita o que quiser e altera entre estilos predefinidos, com determinadas fontes e planos de fundo.

A novidade esteve em testes no Japão, desde dezembro, e começou a aparecer para usuários na Europa.

Informações do Diário do Nordeste, link da postagem





Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Detran vai leiloar mais de 6 mil veículos no Ceará

O Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE) vai voltar a realizar leilões públicos de motos e carros apreendidos neste semestre. Atualmente, existem mais de 6 mil veículos disponíveis no pátio do órgão.

São 3.500 motos e 2.800 carros, totalizando 6.300 veículos apreendidos pelo Detran-CE e pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

O Detran-CE não realiza leilões de veículos apreendidos desde meados do ano passado. Isso porque a empresa que venceu a licitação para realizar as hastas públicas foi considerada inapta pelo Governo do Ceará.

No fim de 2017, o Detran lançou um novo edital de licitação, a fim de contratar serviços de leiloeiro oficial público. Os leilões podem ser presenciais e/ou eletrônicos. Os detalhes, com informações de preços e lotes dos veículos, vão ser acertados após a contratação da nova empresa.

A expectativa é que o primeiro leilão ocorra neste semestre, contribuindo para desafogar o pátio de veículos apreendidos pelo Detran-CE e PRE, e ajudando na arrecadação do Estado.

Em caso de apreensão, os proprietários têm até 30 dias para resgatar seus veículos. Após o prazo, as motos e carros apreendidos já podem ser levados a leilão.

Informações do O Povo Online






Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Ministério Público recomenda cancelamento do carnaval de Bitupitá/Barroquinha

O Ministério Público do Estado de Ceará, por intermédio da Promotoria de Justiça vinculada a cidade de Barroquinha, emitiu nessa quarta-feira, dia 17 de janeiro, uma recomendação para que a licitação que visa a contratação de empresa para a realização do carnaval e de outros eventos na cidade de Barroquinha seja cancelada.

Como justificativa, o Ministério Público citou vários motivos para que a licitação fosse cancelada. Entre eles, o MP afirmou que por várias vezes o Prefeito Ademar alegou dificuldades financeiras, que se refletem em algumas ações tomadas pela prefeitura, como a suspensão recente do serviço de assessoria ofertado pela prefeitura, a diminuição de salários e o atraso do pagamento de servidores.

Além disso, o documento também levou em consideração a crítica situação econômica que nosso pais enfrenta e necessidade de priorizar os gatos com saúde e a educação.

A licitação com o objetivo de contratar a empresa tem o valor global de R$1.298.058,16 (Um milhão, duzentos e noventa e oito mil, cinquenta e oito reais e dezesseis centavos).

Confira a recomendação na íntegra













Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Gabriel Diniz é confirmado no Carnaval de Camocim

Na noite desta quinta-feira (18), o Cantor Gabriel Diniz foi oficialmente confirmado pela Prefeitura Municipal como sendo mais uma das atrações do Carnaval de Camocim.

O evento ocorrerá de 10 a 13 de Fevereiro. GD, como é conhecido, junta-se assim a Jonas Esticado, nome já divulgado também de forma oficial na terça-feira (16).

As apresentações musicais acontecerão na Praça de Eventos do Odus. Durante o dia Camocim oferece inúmeras opções para os foliões nas diversas praias, do litoral leste e oeste, além do tradicional mela-mela na Pracinha do Amor.

As informações são do blog Camocim Online, link




Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Depois do resultado do Enem, internautas buscam por informações sobre premiação do Governo


Logo após a divulgação do resultado do Enem 2017, o Chavalzada registrou uma grande procura por postagens relacionadas ao notebook ofertado como premiação pelo Governo do Estado para os alunos que conseguem atingir uma boa média no Enem e no Spaece.

Diante dessa grande procura, podemos presumir o grande interesse que essa incentivo desperta.

Em 2014 publicamos uma matéria informando os novos critérios para a premiação. Ano após ano essa publicação recebe milhares de acessos sempre que o período de divulgação do Enem e Spaece se aproxima
 
Segundo a publicação, a premiação será de acordo com os seguintes critérios:


Alunos do 1º ano: Regra anterior, ou seja, 350 pontos em matemática e 325 em língua portuguesa no SPAECE.
Alunos do 2º ano: Aqueles que obtiverem média de 540 pontos no ENEM, 
Alunos do 3° ano: Os que obtiveram 560 pontos no ENEM.

Confira a publicação na íntegra, clique aqui.





Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Nota do Enem 2017 é divulgada

As notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 foram divulgadas nesta quinta-feira (18). O resultado só pode ser consultado individualmente. Para isso, os candidatos devem acessar a Página do Participante e incluir CPF e a senha cadastrada. Pouco antes das 12h, o site apresentava instatibilidade.

O resultado dos treineiros só será divulgado no dia 19 de março. Na mesma data, o Ministério da Educação também vai disponibilizar os espelhos da redação.

Nesta quinta, o Ministério da Educação divulgou o balanço sobre o desempenho dos candidatos na edição de 2017 do exame. Apenas 53 alunos tiraram nota mil na redação, porém a nota média subiu de 541,9 para 558.

Com a nota do Enem 2017, os estudantes podem pleitear uma vaga em uma universidade pública que tenha aderido ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2018. Serão 130 instituições no Brasil - 30 estaduais e 100 federais -, que ofertarão 239.601 vagas na graduação.

Nesta quinta-feira (18), o ministro Mendonça Filho afirmou que o período de inscrição do Sisu vai ser antecipado para os dia 23 a 26 de janeiro. As inscrições serão feitas no site do programa (http://sisu.mec.gov.br).

Para participar, é necessário ter tirado nota acima de zero na redação do Enem 2017. Como nos anos anteriores, cada candidato poderá se inscrever em até duas vagas, especificando a ordem de preferência e o turno no qual pretende estudar. Também é necessário definir qual a modalidade no qual o aluno se encaixa - ampla concorrência ou alguma relativa às ações afirmativas (com critérios raciais ou sociais).

Mesmo que o candidato faça sua inscrição no primeiro dia, ele poderá alterar suas opções até as o prazo final. O sistema mostra, a cada dia, uma nota de corte parcial, baseada nas notas das pessoas que já se inscreveram até o momento naquele curso.

Enem 2018: inscrições e datas das provas

O Enem 2018 será aplicado em 4 e 11 de novembro. O edital será publicado em 21 de março e as inscrições serão realizadas de 7 a 18 de maio.
Primeira parte da postagem

Fonte: G1











Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.



Se inscreva no nosso canal no YouTube!



Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada




Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Apostador de Tianguá ganha sozinho mais de R$ 2 milhões na Quina

Um apostador de Tianguá, na Serra da Ibiapaba, acertou sozinho as cinco dezenas do concurso 4582 da Quina, realizado nesta terça-feira (16), e vai levar R$ 2,3 milhões. Os números sorteados foram 11, 21, 39, 59 e 62. O sorteio foi realizado em Itaupeva, São Paulo. O valor do próximo prêmio é de R$ 600 mil.
Quina - 5 números acertados 
1 aposta ganhadora, R$ 2.306.393,73
Quadra - 4 números acertados
49 apostas ganhadoras, R$ 9.501,36
Terno - 3 números acertados
5714 apostas ganhadoras, R$ 122,52
Duque - 2 números acertados
148679 apostas ganhadoras, R$ 2,58
Apostador da Lotomania ganha quase 6 milhões
Um apostador acertou as 20 dezenas do concurso 1.832 da Lotomania. O bilhete premiado vem de Cardeal da Silva (BA) e resultou na premiação de R$ 5.995.962,17. Os números sorteados nesta terça-feira (16), em Itupeva (SP), foram os seguintes: 02, 20, 25, 36, 39, 47, 49, 50, 51, 52, 70, 75, 76, 77, 79, 80, 83, 90, 93 e 95. O prêmio estimado para o próximo concurso é de R$ 500.000,00. Confira o rateio oficial:
20 acertos - 1 aposta ganhadora, R$ 5.995.962,17
19 acertos - 6 apostas ganhadoras, R$ 55.747,53
18 acertos - 143 apostas ganhadoras, R$ 1.461,91
17 acertos - 1334 apostas ganhadoras, R$ 156,71
16 acertos - 8157 apostas ganhadoras, R$ 25,62
15 acertos - 35982 apostas ganhadoras, R$ 5,80
0 acertos - 1 aposta ganhadora, R$ 167.242,60
Timemania
Nenhum apostador acertou as sete dezenas do concurso 1.132 da Timemania. Os números sorteados nesta terça-feira (16), em Itupeva (SP), foram os seguintes: 05, 11, 17, 51, 52, 57 e 75. O time de coração é o CRB-AL. O prêmio estimado para o próximo concurso é de R$ 5.600.000,00. Confira o rateio oficial:
7 números acertados - Não houve acertador!
6 números acertados - 8 apostas ganhadoras, R$ 16.211,79
5 números acertados - 316 apostas ganhadoras, R$ 586,32
4 números acertados - 5412 apostas ganhadoras, R$ 6,00
3 números acertados - 47651 apostas ganhadoras, R$ 2,00
Time do coração - 8954 apostas ganhadoras, R$ 5,00
Dupla-Sena
Nenhum apostador acertou as seis dezenas das duas faixas do concurso 1.744 da Dupla-Sena. Os números sorteado nesta terça-feira (16), em São Paulo, foram os seguintes: 1º sorteio - 04, 08, 35, 38, 46 e 48; 2º sorteio - 11, 18, 22, 25, 30 e 46. O prêmio estimado para o próximo sorteio é de R$ 900.000,00. Confira o rateio oficial:
Premiação - 1º Sorteio
Sena - 6 números acertados - Não houve acertador
Quina - 5 números acertados - 17 apostas ganhadoras, R$ 3.222,57
Quadra - 4 números acertados - 775 apostas ganhadoras, R$ 80,78
Terno - 3 números acertados - 14220 apostas ganhadoras, R$ 2,20
Premiação - 2º Sorteio
Sena - 6 números acertados - Não houve acertador
Quina - 5 números acertados - 21 apostas ganhadoras, R$ 2.347,87
Quadra - 4 números acertados - 837 apostas ganhadoras, R$ 74,80
Terno - 3 números acertados - 14864 apostas ganhadoras, R$ 2,10
Informações do Diário do Nordeste, link





Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Chavalense pede mais atenção para a Praça da Matriz

O Chavalzada é um espaço colaborativo, que serve para informar e atuar em beneficio da população chavalense.

Diante disso, repassamos o apelo que recebemos de um chavalense, que nos enviou essa imagem através do Whatsapp e pediu com toda educação para que fosse feita uma postagem, chamando a atenção para a situação da Praça da Matriz, que a anos vem sendo negligenciada. Vários bancos estão caindo aos pedaços e causando perigo para as pessoas que ainda fazem uso dela, que eu sua grande maioria são crianças, que usam o espaço para brincar.

O morador relatou que aconteceu até um episódio inusitado, onde um casal de namorados estava sentado e banco caiu.

Pedimos as autoridades que deem mais atenção a esse tipo de espaço. Não levem essa postagem como crítica, e sim como sugestão em prol do bem comum.






Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Chavalzada entrevista o escritor Zilmar Junior

Zilmar Júnior é parnaibano. Já teve textos publicados na Plataforma Escrever sem Fronteiras – SESC e em dois jornais impressos da cidade de Parnaíba: Correio Literário e O Piagüí. 


É escritor em variadas vertentes literárias como fábulas, contos e artigos científicos, tendo um contato mais próximo com poemas e cordéis, no qual pode no ano de 2016 lançar seu primeiro trabalho, intitulado de Recado de um Cordel e em 2017: Lembranças de um futuro, Lado A e Lado B. Neste mesmo ano, também participou de uma coletânea poética, intitulada de Versania. Atualmente está trabalhando em seu livro de contos: Grãos de Areia.

Confira a entrevista:

Chavalzada - Primeiramente, me fale um pouco sobre você. Quem é Zilmar Junior?

Este é um ótimo exercício de autoconhecimento, dentro dessas questões que nos colocamos diante do espelho e refletimos acerca de nós mesmos. Mas se eu me visse por fora, acreditaria que Zilmar Junior é uma pessoa esforçada, que gosta de fazer e manter amizades e que acredita muito num futuro e presente. O humor e fé, também, sem dúvidas, é algo fundamental em sua vida.

CH - Me fale sobre sua formação?

Zilmar - Tenho graduação em Licenciatura Plena em Letras Português e duas Pós-graduações, uma em Educação Especial e a outra em Libras.

CH – Quando e como você começou a escrever?

Zilmar - Desde pequeno, na verdade, já escrevia algumas coisas autorais: pequenos contos, poemas e algumas frases de efeito, como uma que, quando criança, era apegado a ela: “Não estou nem aí se não entendi a piada, eu quero é sorri”. Na época, eu não tinha determinada maturidade que tenho hoje, mas a vendo, posso ratificar que ainda posso mantê-la muito bem viva.

CH - Você sente mais emoção ao escrever qual gênero (poesia, conto, romance etc.)?

Zilmar - Escrever à luz de algum gênero literário, para mim, é como uma relação sexual. A depender do dia, do momento, de suas inquietações e ansiedades, que a emoção se fará presente neste ou naquele gênero. Eu, particularmente, tenho alguns orgasmos a mais com a poesia, o que não anula ou desqualifica, minha relações com outros gêneros como conto, fábula, cordel dentre outros.

CH - Quais são suas principais influências na literatura?

Zilmar - No Ensino Fundamental, tive a grande sorte de me deparar com uma música de Chico Buarque, que me chamou muita atenção pela maneira de como ele a construiu, era Cálice, fiquei fascinado com a capacidade e possibilidades que a Literatura pode realizar. Depois conheci alguns outros autores que também me conquistaram: Clarice Lispector, Machado de Assis, Florbela Espanca, Carlos Drummond, Millor Fernandes, e atualmente o Bráulio Bessa, esse homem é personificação da Literatura de Cordel. Têm alguns outros, claro, entretanto acerca de influências mais assíduas, menciono esses citados.

CH – Se dedica exclusivamente à literatura ou tem outra profissão.

Zilmar - Essa pergunta é um tema que vira-e-mexe ronda algumas mesas e bate-papos sobre Literatura. Viver ou não, propriamente dela. Infelizmente, sabemos que no Brasil é um tanto difícil viver tão somente de literatura, mas, para mim, ainda não descarto essa possibilidade. Existem alguns escritores que vivem dedicados mais exclusivamente à Literatura, mas em meu caso, atualmente, além de escrever, sou professor de Língua Portuguesa e corretor de textos acadêmicos. 

CH - Você escreve para vender ou para satisfazer seus desejos de autor?

Zilmar - Quando conheci Ithalo Furtado, um escritor parnaibano, estava começando a escrever, ainda não tinha nada publicado e nem era visto dentro do cenário literário de minha cidade, Parnaíba, contudo, por meio dele, e de Camila Maia, uma outra amiga, pude despertar para a escrita e saber o quão é maravilhoso escrever. Desde então escrevo para várias coisas, para satisfazer meus desejos enquanto escritor, para desabafar, conversar comigo mesmo e com meus leitores, viajar, ser e não ser, e também, na última das possibilidades para vender, esta, mais restritamente aos cordéis, que mais ativamente publico.

CH - Como você organiza seu processo criativo: decide o que vai ser escrito e por onde começar e quais serão as fases?

Zilmar - Costumo dizer que meu processo criativo se governa. Às vezes, maioria delas, não decido o que escrevo, surge as inquietações, as necessidades, afinidade por algum tema, e me torno apenas um veículo de escrita do meu próprio processo de criação. Claro que não é uma coisa desorganizada, temos nossa sanidade mental que nos faz instruir o que vamos fazer e como fazer, mas para efeitos literários, não há uma espécie de metodologia a seguir, há sim, a depender do que se escreva, planos e metas, contudo colocá-lo como único e imodificável, acredito não ser o melhor caminho. 


CH – Quais trabalhos literários já realizou? ... Fale um pouco sobre esses trabalhos...

Zilmar - Felizmente, agradeço a Deus por isso, já tive oportunidades de fazer vários trabalho na área literárias, desde escrever, como também ministrar oficinas, apresentar pesquisas, palestras e recentemente, participei de uma coletânea poética, intitulada de Versania, na qual tenho o prazer de mencionar o organizador dessa obra: Claucio Ciarlini. Uma excelente pessoas e também um ótimo escritor.

CH - Quais suas metas? Algum projeto literário em andamento?

Zilmar - Sobre metas tenho muitas, algumas um tanto utópicas, todavia não impossíveis, mas em plano mais real, minha meta mais próxima, é publicar, neste ano de 2018, meu primeiro livro de contos, Grãos de Areias. Um livro que reúne contos propagados na praia e com a voz e vida de vários personagens, ora mais ora menos maduros. Acredito que os leitores terão em mãos uma boa obra para degustarem. 

CH- O que uma crítica literária significa para o seu trabalho?

Zilmar - Acho as críticas extremamente importantes para quem é escritor, com um porém, as construtivas. O meio literário é um terreno maravilhoso, contudo, devemos ter cuidado com quem e para quem devemos direcionar nossas atenções. Nem toda crítica é relevante logo nem todas devem ser consideradas, no entanto, devemos ter discernimento para filtrar aquilo que realmente possa ser contribuinte para nossos trabalhos.

CH - Sua literatura aborda temas nacionais, culturais, raciais, e grita pela desigualdade, ou apenas segue passivo sem se intrometer nestes assuntos?

Zilmar - A Literatura é um excelente campo, pois nela podemos falar do que quisermos, como quisermos, e da forma em que mais achamos conveniente. Dentro de alguns temas, considerados polêmicos ou não, o escritor pode permear por eles, mesmo que sem intenção. A Literatura tem voz, e cabe a cada autor, saber usa-la, para esta ou aquela finalidade. 

CH - Brasileiros leem em média 4 livros por ano. O que um escritor pensa sobre isso?

Zilmar - Como todos números, devemos ter cuidado com eles. Existem pessoas que leem 1 livro por ano, outras que leem 7, por exemplo. O Brasil, historicamente sofre com uma educação altamente precária, até então, não menos de 100 anos, no Piauí, o índice de analfabetos era altíssimo, e querendo ou não, esses respingos históricos recaem sobre o povo. Em tese, é um número muito baixo, contudo, acredito, que mesmo em passos lentos, essa realidade está sendo modificada. Alguns jovens leitores estão surgindo, seja de literatura ou não, e há também muitas pessoas que não sabiam ler, tendo um contato mais próximo com livros. O que falta, em minha opinião, é investimento na formação de um público leitor e de mecanismos que favoreçam a promoção do livro até esse público, deste modo, penso que poderíamos mudar um pouco essa média.

CH – Como você avalia o mercado editorial brasileiro atualmente?

Zilmar - Vejo como um mercado que está em pleno desenvolvimento. Com o surgimento de mais escritores e com um público leitor que, mesmo em passos lentos, cresceu, o mercado editorial vem ganhando espaço e lucro com todo esse processo. Contudo (ou sem tudo) o papel ainda é caro! 

CH – Como você analisa a literatura parnaibana (historicidade e atualidade)

Zilmar - Quando fala-se de literatura parnaibana, hoje, fico um tanto mais feliz. Vários autores, atualmente, estão publicando livros, escrevendo, saindo para fora da cidade, sendo vistos no cenário estadual e nacional. O contexto literário parnaibano, a meu ver, se modificou para melhor, antes tínhamos poucos nomes que poderiam representar nossa literatura, hoje, temos bem mais. O esforço e vontade de escrever de cada escritor, faz com que essa nova realidade esteja sendo construída, porém ainda falta muito para chegarmos a uma visibilidade que realmente deveria existir. Poucos são os incentivos e muitas as dificuldades.









Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!
O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Siga no Google+

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada