Facebook Twitter Google RSS

Papa Franscisco pede que divorciados não sejam tratados como excomungados


Os divorciados que voltam a se casar "seguem fazendo parte da Igreja" e não devem ser tratados como excomungados, disse nesta quarta-feira o papa Francisco, às vésperas do sínodo de outubro dedicado à família.

"É necessária uma fraterna e atenta acolhida, no amor e na verdade, em direção a estas pessoas que efetivamente não estão excomungadas, como alguns pensam: elas formam parte sempre da Igreja", afirmou Francisco, que recebeu aplausos durante a audiência celebrada na sala Paulo VI.

Em sua tradicional audiência geral de quarta-feira, o Papa argentino afirmou que cresceu a consciência dentro da Igreja de que é preciso acolher de maneira fraterna e atenta os batizados que tenham formado uma nova relação após um fracasso "sacramental".

"Como poderíamos aconselhar estes pais a fazer de tudo para educar os filhos na vida cristã, dando a eles o exemplo de uma fé convencida e praticada, se eles estão afastados da vida da comunidade como se fossem excomungados?", se perguntou."Se olhar a nova união (do ponto de vista) dos filhos pequenos, vemos a urgência de uma acolhida real em relação às pessoas que vivem tal situação", defendeu o Papa.

Francisco lembrou que a Igreja tem o dever de discernir situações diferentes, "por exemplo, entre os que sofreram uma separação e os que a provocaram".

Segundo a Igreja, um casamento religioso não pode ser dissolvido, razão pela qual o direito canônico considera que as pessoas que se separam e voltam a se casar pelo rito civil estão sendo infiéis ao seu primeiro cônjuge e por isso estão excluídas dos sacramentos, entre eles a comunhão.

A excomunhão é uma sanção mais forte, já que na prática implica a exclusão total da Igreja.

Várias vozes dentro da Igreja exigem que os divorciados possam comungar sem condições, uma ideia à qual se opõem os defensores da aplicação estrita do dogma.

A questão foi objeto de fortes debates durante o sínodo da família de 2014, e deve voltar ao centro das discussões na segunda reunião deste tipo que acontecerá em outubro.


Fonte: G1

Foto: Giampiero Sposito/ Reuters

Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada
Curta a página do Chavalzada no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga o nosso perfil no Twitter www.twitter.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Siga no Google+

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada