Facebook Twitter Google RSS

Ceará confirma 1º caso de raiva humana, após quatro anos


Após quatro anos sem registro, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) confirmou nesta terça-feira, 25, o primeiro caso de raiva humana no Ceará. O paciente é um agricultor de 37 anos, mordido por um morcego no município de Iracema.

O paciente foi internado no Hospital São José de Doenças Infecciosas, na capital cearense. Os primeiros sintomas da doença podem aparecer duas semanas após a picada ou arranhaduras dos animais contaminados: convulsões, arritmia cardíacas e encefalite são alguns dos sintomas dos pacientes diagnosticados.


A vacinação é a única forma de evitar que animais domésticos sejam infectados pelo vírus da raiva e transmitam a doença para humanos.

Informações do O Estado do CE, link da matéria






Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Assista nossos vídeos www.youtube.com/tvchavalzada
Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada
Curta a página do Chavalzada no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga o nosso perfil no Twitter www.twitter.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada