Facebook Twitter Google RSS

Trombose: quando o inchaço nas pernas representa um alerta


Uma morte a cada 37 segundos: essa estatística alarmante está ligada à trombose venosa, a terceira doença cardiovascular mais comum no mundo. Com sintomas que envolvem dor na perna, sensação de queimação e mudanças na cor da pele, a trombose se dá a partir da formação de um coágulo, chamado de trombo, em uma ou mais veias do corpo.

"Este coágulo pode causar o bloqueio ou prejudicar o fluxo de sangue na região, o que leva ao aparecimento dos principais sintomas. Caso esse coágulo se desprenda e circule pela corrente sanguínea, pode chegar, ao pulmão, processo conhecido como embolia pulmonar", explica o Dr. João Carlos de Campos Guerra, hematologista e vice-presidente do Grupo Cooperativo Latino Americano de Hemostasia e Trombose (CLAHT).


Doença de várias causas
Segundo o médico, o tromboembolismo venoso é uma doença multigênica (que pode ter várias causas) e multifatorial, e o envelhecimento é um fator de risco isolado; sendo o entupimento das veias das pernas a manifestação mais frequente. A Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular afirma que, somente no Brasil, cerca de 120 mil novos casos de trombose venosa profunda são diagnosticados por ano.
Histórico familiar, insuficiência cardíaca e obesidade são fatores que podem representar um alerta para o surgimento da doença. Para quem passa longos períodos sem se movimentar o alerta é ainda maior. "Cerca de 100mL de sangue por minuto vem da panturrilha de volta para o coração. Quando uma pessoa permanece muito tempo sentada, essa quantidade significativa de sanque tem seu fluxo prejudicado. Essa situação predispõe ao risco de formação de trombos", sinaliza Dr. Guerra. Apenas o simples fato de permanecer sentado por 90 minutos reduz a circulação sanguínea atrás do joelho e m 50%, aumentando o risco.
Trombose possui sintomas
O médico afirma ainda que o mito de que a trombose não possui sintomas deve ser quebrado. Segundo o Ministério da Saúde, mais de 40% da população brasileira não conhece os sintomas. "A trombose apresenta sinais que podem ser detectados de acordo com a profundidade do coágulo, portanto identificá-los em sua fase inicial é fundamental para evitar complicações futuras".
Para minimizar esses riscos, algumas dicas podem ajudar a evitar o surgimento de coágulos.
- Evite permanecer muito tempo sentado sem se movimentar.
- Mantenha uma dieta equilibrada.
- Pratique exercícios físicos regularmente.
- Procure manter o peso adequado.
- Faça uso de meias de compressão caso tenha algum histórico familiar associado a varizes ou à trombose.
Informações do Diário do Nordeste, link da matéria.

Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Assista nossos vídeos www.youtube.com/tvchavalzada
Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada
Curta a página do Chavalzada no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga o nosso perfil no Twitter www.twitter.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada