Facebook Twitter Google RSS

Emoções | Por Alex Souza

Durante alguns dias me deparei com algumas questões importantes acerca das emoções. Constatei algo um tanto obvio, mas profundamente preocupante: uma grande maioria das pessoas não tem ideia de como lidar com suas próprias emoções, infelizmente. O ponto é que passamos a maior parte da nossa vida em escolas que priorizam uma forma de conhecimento, diminuindo a ênfase em outros, esquecendo o valor das emoções para tudo. E em se tratando das emoções há mais coisas a se falar do que imaginamos.

Primeiro, porque só recentemente temos dado a devida importância às emoções. Antigamente, acreditava-se que as emoções eram negativas para o desenvolvimento das pessoas e que atrapalhava uma visão racional da vida. Por isso, ainda hoje as pessoas acreditam que para ser bem-sucedido você deve desenvolver a razão (especialmente na escola) para poder se destacar. Isso não é inteiramente verdade.


Segundo, precisamos vencer essa ideia de emoção x razão (cérebro x coração). É um erro bastante comum que praticamos. Assim, como o corpo não sobrevive sem o cérebro ou o coração, da mesma forma, nosso “corpo mental” (se é que podemos chamar assim) não pode sobreviver sem as emoções ou somente com elas. São dois lados de uma mesma moeda. A medida saudável é poder conhecer as próprias emoções e compreende-las, bem como conhecer e compreender a de outras pessoas.

Terceiro, apesar de já estarmos mudando a maneira de lidar com as emoções, essas mudanças quase não chegam no nosso dia-a-dia. Geralmente, o que se fala sobre as emoções é para “que sigamos o coração”. E isso é um equivoco muito grande. Como já disse, não podemos simplesmente deixar ao cargo da emoção toda a responsabilidade pelos nossos atos. Antes, devemos consultar nossas emoções para poder tomar decisões mais acertadas.

Por fim, é preciso compreender que as emoções fazem parte de nós, nossa vida e nossa história. Com exceção de casos clínicos (como transtornos de depressão e ansiedade diagnosticados por profissionais qualificados), as emoções são valiosíssimos tesouros que possuímos que nos motivam a tomar atitudes e ações para nosso bem-estar. Medo, tristeza, raiva e alegria, consideradas emoções primárias, tem papeis importantes a desempenhar na nossa vida. Sem medo não poderíamos evitar perigos. Sem tristeza não poderíamos refletir e confortar a nós e aos outros. Sem raiva não poderíamos resistir a situações opressivas. E sem alegria não poderíamos apreciar as boas coisas.

Assim, aprenda com suas emoções e saiba que elas tem sua importância para a sua vida. 

Até breve!

Clique aqui e veja leia mais textos do autor

Sobre o autor
Amante da música, da História, de contos, de jogos, de sabores, de conversas, etc. Um sujeito curioso e reflexivo. Entendo que as aparências enganam e aquilo que acreditamos ser verdade, pode ser mera aparência, portanto, me coloco como questionador. E apreciador dos bons conselhos e das boas trocas com as pessoas. Sou graduado em Psicologia pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) de Parnaíba e Especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental. Graduando em Administração pela UFPI. Narrador de jogos de interpretação, escritor de histórias, desenhista de diversas coisas e outros fazeres. 

"Se quer ir rápido, vá sozinho. Se quer ir longe, vá em grupo."

Provérbio Africano

Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Se inscreva no nosso canal

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada