Facebook Twitter Google RSS

Conheça a história do 'Vovô do Slime'


Vem da pequena cidade de Juquiá, no interior de São Paulo, o mais novo fenômeno da internet brasileira. O aposentado Nilson Izaias, de 70 anos, um dos pouco mais de 18 mil moradores do município, bateu Felipe Neto e Anitta no Youtube e, por conta de um vídeo, em que produz um 'Slime' (massa de modelar artesanal) e se emociona em seguida, conquistou mais de 1 milhão de inscritos em seu canal em menos de uma semana.


Nilson mora em um sítio bastante isolado com sua esposa. Ele trabalhou durante vários anos como agente escolar e, em 2017, acabou se aposentando. Em dezembro daquele mesmo ano, o 'Vovô do Slime' resolveu criar um canal no YouTube. “Comprei um celular e criei apenas para passar o tempo. Eu gostava do fato de youtubers fazerem tantos amigos virtuais”, afirmou em entrevista ao G1.

O idoso grava e posta os vídeos sozinho, posiciona o celular na mesa e coloca para gravar. Às vezes, ele também gosta de fazer vídeos mostrando o local onde mora. Ele também conta que sempre gostou de acompanhar youtubers e, quando viu muitas pessoas fazendo vídeos sobre 'Slime', resolveu tentar também.

"Eu gravava e ainda gosto de gravar o sítio em que moro, os animais, as frutas da época e mostrar para as pessoas todas essas coisas", destaca. Nilson começou seu canal com aproximadamente 50 inscritos, depois, aos poucos, mais pessoas começaram a se inscrever e ele chegou ao número de 1.800 inscritos.

No dia 22 de janeiro de 2019 a vida dele começou a mudar. O aposentado gravou um vídeo de sua quarta tentativa de fazer um 'Slime'. Deu certo, ele falou que era a realização de um grande sonho e a gravação viralizou. Em poucos dias, ele passou a ter 1 milhão de pessoas em seu canal. “O dia que meu 'Slime' deu certo foi o mais alegre da minha vida. Até pulei de alegria”, diz emocionado.

Nas últimas horas, a alegria de Nilson cresce exponencialmente. "Eu tinha 1800 inscritos. Não via a hora de chegar em 2 mil e achava que até o fim de 2019 eu chegava lá. Mas, de repente, quando fiz o vídeo do 'Slime', no outro dia fui ver e não acreditei. Estava com 200 mil. Como sempre olho diariamente, no dia seguinte também fui ver e já estava 500 mil, depois 800 mil e, agora, tenho mais de 1 milhão. Eu não tenho palavras para dizer o quanto estou feliz ", conta entusiasmado.


Incentivo

“Quando vi que tinha tantas pessoas me seguindo eu não acreditei. Achei que era fake. Quando vi que era real fiquei muito emocionado. A maior parte do meu tempo dedico ao meu canal”, conta Nilson. De acordo com ele, a maioria dos comentários que recebe são elogios e agradecimentos. "Muitas crianças me chamam de avô, fazem comentários lindos, que querem me dar um abraço, me chamam de fofo, que querem me guardar em um potinho. Fico emocionado", relata.

O idoso também conta que a família está recebendo muitas ligações e adorando o sucesso que ele está fazendo. "Como todos da família tem o mesmo sobrenome, muitas pessoas estão entrando em contato para perguntar de mim, ligam e mandam mensagem o dia inteiro".

Nilson afirma ser cardíaco e que tem diabetes, por isso faz uso de medicamento contínuo. Para ele, o carinho das pessoas é um grande incentivo. "É como um remédio para mim, me faz uma pessoa mais alegre, mais disposta e com mais vontade de viver", destaca.

Nilson se sente feliz em gravar vídeos para o canal e afirma que apoio das pessoas que o acompanham é seu maior incentivo — Foto: Reprodução/YoutubeNilson se sente feliz em gravar vídeos para o canal e afirma que apoio das pessoas que o acompanham é seu maior incentivo — Foto: Reprodução/Youtube
Nilson se sente feliz em gravar vídeos para o canal e afirma que apoio das pessoas que o acompanham é seu maior incentivo — Foto: Reprodução/Youtube


Gratidão

O novo youtuber de sucesso afirma que vai continuar gravando seus vídeos e que recebeu muitos comentários para não desistir. "Vou procurar temas diferentes para não fazer só vídeo igual. Já me pediram até para eu fazer vídeo sobre o meu cachorro", conta.

Ele destaca que, no 'Slime' que deu certo, utilizou cola branca, bicarbonato, água boricada e um pouco de detergente. Tudo isso depois das dicas de uma criança que o acompanha no canal. "Sou muito grato pelos comentários tão lindos das pessoas sobre mim. Às vezes tem gente que tem preconceito com idosos e me chamam de velho, falam para eu procurar o que fazer, mas não me abalo. No meio de mais de um milhão de palavras boas aparece um ou dois que dizem coisas ruins", afirma.

Nilson destaca que muitas vezes gosta de anotar os comentários das pessoas e o canal delas para gravar um vídeo agradecendo. Agora, como tem muitos comentários, não consegue fazer isso com todos. "Eu gostaria de agradecer todos meus inscritos, homens, mulheres, jovens, idosos e crianças, que me deram esse apoio e se inscreveram no meu canal. Só Deus pode pagar tudo que eles que eles fizeram por mim”, finaliza ele.

Fonte: G1

-


-


Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Se inscreva no nosso canal

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada