Facebook Twitter Google RSS

Ceará registra mais de 100 tremores de terra nesta quarta-feira; 'a cama balançou' diz moradora

O Sertão Central do Ceará registrou pelo menos 102 tremores de terra durante esta quarta-feira (24), de acordo com o Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN), que monitora os eventos. Os abalos foram sentidos nos municípios de Quixeramobim, Madalena e Boa Viagem.


Moradores dessas cidades relataram ao G1 que algumas casas ficaram com rachaduras durante os tremores. Os móveis também chegaram a balançar e assustaram populares.

O morador Ednaldo Rodrigues da comunidade de Vila Angelim, na zona rural de Madalena, ficou com rachaduras em vários compartimentos da casa. Ainda segundo Ednaldo, toda a comunidade ficou apavorada durante a madrugada. O medo é que os tremores continuem e o prejuízo possa ser maior.

Já a agricultora Ana Claudia também moradora de Madalena lembrou que ficou com medo durante toda a madrugada. "Eu estava acordada, escutei um estrondo, a cama balançou. Fiquei com medo", disse.

Alerta

O Laboratório Sismológico da UFRN acionou a Defesa Civil dos municípios atingidos já que, segundo os especialistas, não há como prever como a atividade sísmica vai progredir. A Defesa Civil do Ceará informou que as equipes das cidades de Quixeramobim, Madalena e Boa Viagem estão atentas e disponíveis para qualquer eventualidade nas comunidades.

De acordo com o Laboratório Sismológico, a maioria dos 102 tremores registrados desde a madrugada até 8h são de baixa intensidade. O maior abalo registrado pelo laboratório foi de magnitude 2,5, ocorrido às 2h46 na cidade de Boa Viagem.

"A região de Quixeramobim vem apresentando tremores desde o começo do ano, mas as atividades símicas tinham diminuído, mas a terra voltou a tremer com frequência nessa madrugada." explicou o geofísico Eduardo Menezes.

Como se prevenir

De acordo com o Francisco Brandão, responsável pelo setor de sismologia de atividade sísmica da Defesa Civil do Estado, o órgão vem fazendo trabalho de orientação com a comunidade de como se comportar antes, durante e depois dos abalos.

Uma orientação simples, mas que faz a diferença na hora de um tremor é que o morador pode ficar embaixo de uma mesa para evitar que telhas caiam em cima da pessoa. Caso ocorra outro abalo a orientação é que o morador saia de casa e procura áreas livres "um campo de futebol por exemplo", disse.

Fonte: G1/CE






Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Se inscreva no nosso canal

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada