Facebook Twitter Google RSS

Escritor chavalense participará de Festival Literário com 160 autores nacionais e estrangeiros.

Agora em maio, o escritor chavalense Marcello Silva, autor do livro "O Pescador", participará da segunda edição do FESTIVAL DE LITERATURA E ARTES LITERÁRIAS, ou FLAL, com a participação de 161 autores nacionais e estrangeiros. O evento é online, vai de 01 de abril até 29 de maio deste ano e o público poderá conversar e fazer perguntas em dias e horários específicos para cada um deles. A entrevista de Marcello Silva será dia 19/05/2016 ás 13:00 hs. O público do blog Chavalzada, desde então, está convidado a participar.

E mais: serão distribuídos livros, marcadores, brindes e mais uma dezena de prêmios para quem participar do evento!

O festival é organizado por uma equipe de voluntários, encabeçada por LUIZ AMATO e FERNANDA AVELAR, e apoiados por: DAYA MACIEL, BIA SANTANA, PAULA AZARA, ROBERTA SOUZA, DANIELA GARCIA, LOUYSE ROSA, THAIS CRISTINA, GUSTAVO RAYNER, GE BENJAMIM, IRONI JAEGER, e ROSÂNGELA ANGARTEN.

Abaixo uma entrevista com de Luiz Amato ao site Gettub, explicando um pouco melhor sobre o festival:


Luiz Amato é Paulista, casado, pai de duas lindas filhas. Roqueiro convicto, curte tocar guitarra. Ama cachorros. Autor da Série A Grande Aventura (S.A.G.A.), composta por 3 volumes: A Lenda, A Jornada, A Revelação. É autor dos contos Psicos - Fronteira Final - Deus é mesmo Brasileiro - Louco? Quem? Eu? - Herói Urbano - Felicidade, Um conto de Amor - Amor Somente Amor - O Plantonista - Q.I. 180 Um presente ou...? – Lua Cheia, reunidos em um livro homônimo. Seus autores preferidos, são: James A. Michener, James Clavel, Sven Hassel, Jack Higgins, Machado de Assis e José Mauro de Vasconcelos, que, de uma forma ou de outra, influenciaram o seu modo de escrever.


GETTUB: O que é o FLAL? 

LUIZ AMATO: Festival de Literatura e Artes Literárias. É um evento 100% online, gratuito, que tem como metas principais, divulgar a literatura e aproximar o público leitor, do escritor. 

GETTUB: Como surgiu o festival? 

LUIZ AMATO: Eu participei de um outro evento, o qual eu considero muito bom, de nome; projeto um dia a R$ 0,00 da Ge Benjamim, onde os autores disponibilizam seus escritos a custo zero para os participantes. A partir dele, desenvolvi oFLAL. 

GETTUB: Qual a maior dificuldade em criar um evento desse nível? 

LUIZ AMATO: Para a criação, praticamente nenhuma. Agora para gerir, muitas. Um exemplo: A comunicação com os participantes. Foi criado, em janeiro de 2016, um grupo exclusivo para isso, onde são postadas todas as informações para o desenvolvimento das ações necessárias. Estamos a duas semanas do início do Festival, mas ainda recebo perguntas do tipo: Para que serve a entrevista? 

GETTUB: O que o público poderá encontrar no festival? 

LUIZ AMATO: Nesta edição, somos 161 escritores (as) dos mais variados estilos, onde 72 deles, participarão de bate-papos, sextas e sábados, em tempo real. O público poderá perguntar o que quiser. Temos também as entrevistas publicadas durante os dias da semana, no período do evento, onde os autores respondem às perguntas enviadas pelo público. Adicionamos nesta 2ª edição, entrevistas com profissionais da área literária, e um evento que chamamos de pré FLAL, onde os participantes inscritos enviam textos, que são publicados anonimamente. O público pode comentar e avaliar. 

GETTUB: Como é a interação entre o público e os autores? 

LUIZ AMATO: Ela ocorre, principalmente, durante os bate-papos, onde o público, em um sistema de perguntas e respostas em tempo real, obtém informações sobre os mais variados quesitos, do autor participante. 

GETTUB: Qualquer um pode participar? 

LUIZ AMATO: Sim, tanto como autor, como público ou como membro da coordenação do evento (trabalho voluntário). 

GETTUB: Quem fornece os prêmios dos sorteios? R. Os autores. Nós pedimos aos mesmos, dentro da medida do possível (não existe obrigatoriedade), que doem brindes (livros, marcadores, botons, etc), para sortearmos ao público participante. Em escala bem menor, também direcionado ao público, recebemos doações de terceiros. 8) Como enxerga a literatura nacional atual? 

LUIZ AMATO: Eu sempre gosto de usar esse termo: Somos um vulcão prestes a entrar em erupção. A quantidade de obras, com qualidade excelente, é muito grande. Temos escritores (as) com nível para sucesso mundial. 

GETTUB: O que pensa do trabalho das editoras quanto a obras nacionais? 

LUIZ AMATO: Sem generalizar, resumo em duas palavras: Faturamento e Rotina: A editora é uma empresa, e como todo negócio visa faturamento. O mesmo tem à plena garantia ao se editar uma obra estrangeira, já consagrada, de venda fácil. Acontece que esse procedimento, acaba se tornando uma rotina. Para que perdermos tempo e arriscarmos investimentos com textos (mesmo com qualidade excepcional) de ilustres desconhecidos, se podemos faturar com títulos e autores (as) conhecidos do púbico. 

GETTUB: De onde pensa que vem a resistência de alguns leitores quanto a obras nacionais? 

LUIZ AMATO: Com certeza do total desconhecimento do que é, e, da qualidade da literatura nacional. Já li um comentário que dizia “Nossa, que ruim este livro, tinha que ser um autor nacional” Quem teceu esse comentário, esquece que generalizar é errado. Se um não presta, não significa que todos não prestam. Um outro detalhe. Os estrangeiros que aqui chegam, já foram insistentemente preparados, para ter excelência em sua qualidade. 

GETTUB: Haverá o FLAL 3? 

LUIZ AMATO: Eu penso que sim, pois, mesmo o festival sendo recente, está na 2ª edição, já atingiu patamares para figurar no calendário nacional de eventos culturais. Pode ser que eu não faça mais parte da organização coordenação, mas continuará divulgando e mostrando que a cultura é o maior tesouro de um ser humano.

Colaboração na postagem: Luiz Amato e site Gettub


Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada
Curta a página do Chavalzada no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga o nosso perfil no Twitter www.twitter.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Siga no Google+

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada