Facebook Twitter Google RSS

Musculação para adolescentes


O objetivo a ser alcançado é praticamente o mesmo dos adultos, mas deve ocorrer em menor quantidade a fim de ser melhorada a força, a potência, o equilíbrio, a flexibilidade, a coordenação, a velocidade, a resistência e a agilidade.

Na musculação direcionada a crianças e adolescentes, é preciso observar a intensidade dos exercícios, partindo de um treino de baixa intensidade e movimentos de flexão de braço, abdominais e agachamentos. "Nesses exercícios, serão usados apenas o peso do próprio corpo como sobrecarga", explica o educador físico Felipe Augusto Laurindo, coordenador técnico da academia Sentido Único.

Mas quais cuidados os pais devem ter ao encaminhar os filhos para as academias? Segundo a pediatra Keitjane Nascimento, as atividades físicas são vitais para o crescimento e desenvolvimento do corpo e da mente das crianças. "Melhora a concentração, fortalece a massa óssea, reduz riscos de lesões, promove o controle do peso, evita hipertensão, obesidade, além de favorecer a sociabilidade e a autoestima. Respeitar as diferenças individuais, maturidade física e psicológica também é essencial".

Importante: antes de iniciar a prática de exercícios físicos, crianças e adolescentes devem ser avaliados por um médico pediatra a fim de que sejam observadas a condição física,cardiológica, laboratorial e nutricional do menor. Os pais devem certificar-se também que as atividades sejam realizadas sob a supervisão de um profissional de Educação Física qualificado.

Força e ludicidade

Há controvérsias quanto à prática de musculação na adolescência. Embora alguns especialistas não considerem saudável sob a alegação de que "prejudica o crescimento e o desenvolvimento do corpo", não existe comprovação científica que justifique tal proibição.

No entanto, Dra. Keitjane Nascimento confirma ser inadequado o uso de carga máxima na execução dos exercícios de musculação. "As recomendações vigentes sugerem que os jovens devem fazer treinamento moderado na maior parte dos dias da semana, senão em todos; e exercícios vigorosos, três vezes por semana".

Segundo Felipe Augusto, o preconceito pode vir do próprio nome "musculação". Tecnicamente, significa o treinamento de força ou de contrarresistência, ou seja, existe a contração muscular para vencer uma resistência. Afinal, qual criança nunca brincou de carrinho de mão ou fez força para subir em um brinquedo? Na prática, está 'treinando' contra uma resistência, mas de forma lúdica e respeitando seus limites.

Informações do Diário do Nordeste, link da matéria.


Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Assista nossos vídeos www.youtube.com/tvchavalzada
Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada
Curta a página do Chavalzada no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga o nosso perfil no Twitter www.twitter.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Siga no Google+

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada