Facebook Twitter Google RSS

A luta incansável do historiador Adrião Neto pela História do Piauí

Depois da inclusão da data histórica da Batalha do Jenipapo na bandeira do Piauí e da inauguração das estátuas em homenagem aos vaqueiros e roceiros no Monumento Nacional do Jenipapo em Campo Maior, o historiador Adrião Neto busca apoio das autoridades e a várias instituições para a instalação de uma estátua do coronel Simplício Dias da Silva na Praça da Graça, em frente ao Monumento da Independência, em Parnaíba.

Segundo Neto esta medida se deve ao reconhecimento à sua atuação no movimento separatista de 1822. O escritor vem defendendo um monumento igual em Piracuruca dedicado ao combate da Lagoa do Jacaré, ocorrido três dias antes da batalha do Jenipapo, outro monumento em União lembrando as investidas vitoriosas dos independentes contra as volantes de Fidié e um memorial em Oeiras, a então capital do Piauí, homenageando o dia 19 de Outubro, 24 de Janeiro e ao 13 de Março.

Adrião Neto convoca a todos para que lutem pela valorização da história do Piauí, fazendo com que este tema seja incluído no currículo das escolas de ensino fundamental e médio da rede pública e privada de ensino do Piauí.

O historiador convoca a todos para que peçam ao Ministério da Educação e com os historiadores e editoras para que estes fatos referentes ao processo de emancipação política iniciado em Parnaíba, que culminou com a Batalha do Jenipapo, sejam incluídos nos livros didáticos de História do Brasil, adotados em todo o território nacional.

Em busca da viabilização desses objetivos, o escritor já fez contato oficial com várias autoridades, dentre as quais, todos os senadores do Piauí, deputados federais, o presidente da Assembleia Legislativa e todos os deputados estaduais, o ministro da Educação, o governador Wellington Dias, a secretária de Educação, prefeitos e presidentes das câmaras municipais de Parnaíba, Campo Maior, Piracuruca, União e Oeiras.

Adrião Neto é dicionarista biográfico, historiador, poeta e romancista, com vários livros publicados. Autor da ideia da inclusão da data histórica da Batalha do Jenipapo na Bandeira do Piauí, o 13 de março e da proposta para homenagear os vaqueiros e roceiros com estátuas, no Monumento Nacional do Jenipapo em Campo Maior. 

Fonte: Adrião Neto. 
Fotos: Adrião Neto. 
Edição: APM Notícias.









Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Estamos no YouTube!

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Entretenimento

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Siga no Google+

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada