Facebook Twitter Google RSS

Numero de casos de dengue foi 25 menor em janeiro



Em todo início de ano, o clima chuvoso e as precipitações reavivam o problema das arboviroses. Com a permanência dos focos de reprodução do mosquito vetor da dengue, zika e chikungunya, as doenças obedecem novamente ao ciclo epidêmico, apresentando maior número de casos nos meses do primeiro semestre do ano.

2018, no entanto, apresenta - até o momento - redução significativa na incidência de dengue. Em Fortaleza, o registro de casos confirmados foi 25 vezes menor em relação a janeiro do ano passado. Foram 50 casos confirmados, até a 6ª semana de 2018, contra 1.236, em janeiro de 2017.

Segundo o Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza (SMS), os casos de chikungunya também apresentaram diminuição, foram 61 registros, até agora, contra 421, no mesmo período de 2017.
O gerente da Célula de Vigilância Ambiental e Riscos Biológicos, Atualpa Soares, diz que é preciso esperar o fim das precipitações para termos ideia real dos resultados.

"O período chuvoso ainda está no começo e, de acordo com o histórico, os meses mais incidentes vão de março a maio. Já é um bom começo, um indicativo de que esse ano podemos ter melhores resultados, mas também é muito cedo para falar".

Auxílio da população é fundamental

Segundo Soares, a redução drástica se deve, em grande parte, pela população. "Se a gente tem sucesso, 80% dele é da população, pois 8 em cada 10 focos do mosquito ficam dentro de domicílios".

Além disso, o titular destacou o trabalho mais intenso a partir da criação do Comitê Permanente Intersetorial de Enfrentamento às Arboviroses, em 2017, que implantou ações de combate e conscientização intersetoriais, "trabalhando melhor os dados de regiões e o seu histórico, além de estratégias de comunicação e pesquisa", afirma.

Informações do Diário do Nordeste (link)






Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Se inscreva no nosso canal

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada