Facebook Twitter Google RSS

Estudante de escola pública do Cariri é destaque em Concurso Internacional


Motivada pela oportunidade de falar sobre quem considera ser seu herói, Samilly Pontes escolheu expressar sua admiração pelas "Marias", em referência às mulheres. Por meio de uma carta, a estudante de 15 anos escreveu sobre como é inspirada por mulheres, ali pertinho em Farias Brito, no Cariri, e no mundo. O texto da jovem foi premiado na 48ª Edição do Concurso Internacional de Redação de Cartas, sendo destaque entre os estudantes cearenses.

Ao saudar todas as "Marias", ressaltando a importância delas para a sua existência, Samilly destaca a força feminina ao superar as dificuldades do cotidiano. "Defendem nosso mundo todos os dias, constantemente estão em luta a qual não tem um fim, mas sim um recomeço", reflete logo no início do texto. A estudante conta que teve a ideia de fazer a carta através de suas observações do dia a dia das mulheres e do que vê na mídia. "Marias faz referência a todas as mulheres".

Samilly está no 1º ano do Ensino Médio da Escola de Ensino Fundamental e Médio (EEFM) Getúlio Vargas, em Farias Brito. Lá, ela soube da realização do concurso e logo teve vontade de participar.

"Eu gosto de escrever. A escrita está presente em minha vida. De expressar minha opinião e debater assuntos que acontecem na sociedade". A estudante diz que fez três versões do texto até chegar à enviada para a disputa.

A coordenadora escolar, Maria Helena, lembra que um grande desafio da Escola Getúlio Vargas está na escrita e que iniciativas como a do concurso contribuem para incentivar os estudantes à produção textual. "Fazer com que os alunos produzam textos coerentes, coesos. A carta é uma tipologia bastante interessante, todo mundo se comunica através de WhatsApp e deixa esse tipo textual para lá", analisa.

Da premiação, surgiu a ideia de criar um projeto na escola para debater questões importantes para o universo feminino através de pesquisas de campo, bibliográfica, rodas de conversa, fotografias e gráficos. Maria Helena diz que a escola possui uma forte relação com a comunidade e que o projeto nasce para valorizar "as Marias que fizeram História e as Marias anônimas como as lavadoras de roupas".

Sobre o desempenho de Samilly, reforça que é uma grandiosidade. "Nós estamos começando a colher os frutos de um trabalho pedagógico incessante", conclui.

Concurso

Na Escola Getúlio Vargas, dois textos foram selecionados para concorrer no concurso. Samilly foi destaque no Ceará e recebeu certificado e prêmio em dinheiro. A escola também recebeu uma quantia para desenvolver projetos que impulsionem a aprendizagem. No Brasil, o concurso é promovido pela União Postal Universal (UPU) e realizado pelos Correios nas fases escolar, estadual e nacional.






Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Se inscreva no nosso canal

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada