Facebook Twitter Google RSS

UFDPar expulsa estudante que agrediu árbitra durante partida de futsal em Parnaíba/PI

A Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar) decidiu expulsar o estudante Rodrigo Quixaba, apontado como o autor da agressão contra a árbitra Eliete Fontenele. Ela foi agredida a socos durante uma partida de futebol na quadra da instituição e um vídeo feito por outros alunos registrou o momento. O G1 entrou em contato com a defesa do estudante, que não quis se manifestar.

A portaria com a decisão foi assinada nesta quarta-feira (11) depois de mais de três meses que uma comissão foi criada para analisar o caso. A informação foi repassada pelo diretor da universidade, Alex Marinho, e o processo correu em sigilo. A comissão teve 90 dias para analisar o processo e ouvir testemunhas.

A defesa do estudante informou que não vai se pronunciar no momento. O caso repercutiu em todo o país e gerou revolta dentre o corpo estudantil da instituição. Antes do processo ser concluído, alguns alunos chegaram a fazer manifestações pedindo pela expulsão de Rodrigo Quixaba.

O diretor da UFDPar informou ainda que o estudante tem um prazo de 10 dias para recorrer.

Entenda o Caso:


Eliete era a segunda árbitra da partida quando os dois times se desentenderam e atletas adversários passaram a se agredir. A árbitra então puniu três jogadores com cartão vermelho. Um deles atacou a árbitra a socos.



De acordo com a árbitra, houve um atrito entre dois jogadores dos dois times que participavam da partida. A partir da discussão, outros jogadores se envolveram, gerando uma briga generalizada em quadra. Para retomar o controle do jogo, Eliete expulsou os dois jogadores que iniciaram a confusão. Após isso, o suspeito pela agressão partiu para cima da vítima.

Um vídeo, feito por outro aluno que assistia à partida, registra o momento em que o suspeito desfere três socos contra o rosto da árbitra, que cai no chão. Eliete Maria teve o lábio cortado.

Após a agressão, a árbitra se dirigiu para a Central de Flagrantes onde denunciou o ocorrido e passou por exame de corpo de delito, que apontou lesão corporal leve. Um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi registrado.

Fonte: G1/PI








Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Se inscreva no nosso canal

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada