Facebook Twitter Google RSS

Comunidade chavalense receberá título estadual "Tesouros Vivos da Cultura"

Foto: Neyci Sotero

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) divulgou nesta quarta-feira (20/02), o resultado final Edital dos "Tesouros Vivos da Cultura – 2018". E para alegria chavalense, a Associação União dos Moradores do Jatobá, zona rural de Chaval/CE, ficou em primeiro lugar na lista do "Tesouro Vivos da Cultura Cearense", na categoria "Coletividade". Assim, a comunidade de Jatobá é a nova Coletividade dos Mestres da Cultura do Estado do Ceará. Chaval se torna uma referência estadual do saber da Mandiocultura.

A tradição cultural com que Jatobá venceu foi a Farinhada (Mandiocultura) que uma das atividades exercida pela associação. A Associação de Jatobá concorreu com um coletivo de Fortaleza (União Espírita Cearense de Umbanda) e outro coletivo de Itapipoca (Ritual Sagrado Torém do Povo Tremembé da Barra Mundaú)


Foto: Neyci Sotero

A inscrição da Associação no edital foi realizada pelo Coletivo Ágora Chaval em parceria com ativista cultura Felítita Silva, que conhecia a comunidade e ajudou no colhimento de documentos e informações da entidade e da atividade cultural. É o primeiro resultado mais concreto e amplo que o Coletivo obteve em suas ações em Chaval/CE. Um título em nível estadual. 



Além da Associação, o Coletivo Ágora Chaval também fez a inscrição do Sr. Ezequias Pereira dos Santos na categoria "Pessoa Natural-Mestre" com a cultura da "Pesca Artesanal", entretanto não foi classificado, ficando na 41º posição para 11 vagas e num total de 86 participantes aptos.











Sobre "Tesouros Vivos da Cultura Cearense"



A Lei Estadual 13.842, de 27 de novembro de 2006, que instituiu o Registro dos “Tesouros Vivos da Cultura” no Estado do Ceará, é uma lei pioneira no Brasil, voltada para o reconhecimento dos saberes e fazeres dos mestres e mestras da cultura tradicional e popular.



Os mestres são reconhecidos como difusores de tradições, da história e da identidade, atuando no repasse de seus saberes e experiências às novas gerações. Selecionados pela Coordenadoria de Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural da Secult, após apresentação de propostas pela sociedade civil, os mestres da cultura passam a contar com reconhecimento institucional e recebem um subsídio no valor de um salário mínimo mensal, como auxílio para a manutenção de suas atividades e para a transmissão de seus saberes e fazeres.



O programa Mestres da Cultura se tornou um referencial do Ceará para o Brasil, recebendo, à época de sua criação, prêmio do Ministério da Cultura, pela qualidade e pelos efeitos da iniciativa.

O governador Camilo Santana, em 2017, sancionou a Lei Nº16.275, que amplia de 60 para 80 o número de Tesouros Vivos do Ceará, atingindo uma meta do Plano Estadual da Cultura.


Título de Notório Saber

Em articulação com a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, a Universidade Estadual do Ceará (Uece) concedeu o Título de Notório Saber em Cultura Popular aos mestres e mestras da cultura do Ceará. Assim, a academia reconhece os saberes, os fazeres e as artes dos mestres, que, com esse título, poderão, inclusive, ser convidados por universidades e outras instituições de ensino para palestras e outras atividades, sendo remunerados da mesma forma que professores que contam com essa distinção. Esta é mais uma conquista dos mestres e mestras da cultura do Ceará.

Fonte: Secult/CE

Viu algum erro na matéria? Avise pra gente por aqui ou nos comentários.

Se inscreva no nosso canal no YouTube!

Quer receber conteúdo EXCLUSIVO? Se inscreva na nossa área vip clique aqui
Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/chavalzada
Siga nosso perfil no Instagram www.instagram.com/chavalzada
Baixe nosso aplicativo móvel www.app.vc/chavalzada


Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos!

Deixe seu comentário, nós agradecemos:

0 comentários :

Deixe sua opinião nos comentários, nós agradecemos! As opiniões contidas nos comentários são de responsabilidade dos autores dos mesmos.

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Salmo 23

Se inscreva no nosso canal

Educação

MAIS DESTA CATEGORIA

Tecnologia

MAIS DESTA CATEGORIA

Emprego

MAIS DESTA CATEGORIA

Arquivo do blog

Se inscreva e receba conteúdo exclusivo

Sobre o blog

O Chavalzada foi criado em Novembro de 2010 e desde estão faz parte da vida do Chavalense, trazendo muita informação, entretenimento e cultura.
O Chavalzada é atualizado por Welligton Magalhães e Marcelo Silva.
O blog também conta com vários colunistas e colaboradores. Quer saber mais? Visite nossa fan page www.facebook.com/Chavalzada